Aposentado, Henry deve ser o próximo técnico do Arsenal

0

Comentarista esportivo de um grande jornal da Inglaterra e colunista do diário The Sun, Thierry Henry está cada mais perto de ter seu retorno ao futebol. Após se aposentar em 2014, o ídolo do Arsenal completou seu curso de licenciamento para treinar times profissionais da Uefa, curso exigido para quem deseja tornar-se treinador. De acordo com o jornal inglês The Telegraph, o ex-jogador deve assumir o lugar de Arsène Wenger, quando este decidir que seu ciclo nos Gunners acabou.

Henry e o atual treinador, inclusive, andaram trocando farpas recentemente após o carrasco da Seleção Brasileira na Copa de 2006 ter criticado o comandante, afirmando que a instabilidade do Arsenal dentro de campo pode tornar o ambiente negativo fora de campo. O ex-jogador disse que “os torcedores nunca estiveram tão bravos quanto agora”, durante a derrota do time londrino para o Swansea, por 2 a 1, o que dificultou ainda mais a briga pelo título da Barclays Premier League.

Ao ser informado pelas critícas do atacante, com quem trabalhou entre 1999 e 2007, e depois em rápida passagem de Henry pelo Arsenal em 2012, Wenger cutucou o ex-jogador. “Thierry Henry tem suas ideias e opiniões. Ele não consegue ter a dimensão da raiva dos fãs, das 60 mil pessoas, porque ele fica nos melhores assentos do estádio”, afirmou o técnico francês.

Outros ex-comandados de Arsène Wenger também estão tentando a sorte como treinadores. Dennis Bergkamp tornou-se auxiliar do Ajax (HOL), Remi Garde assumiu o Aston Villa e Patrick Vieira está trabalhando no New York City, já tendo treinado a categoria de base do Manchester City. Ainda de acordo com o diário britânico, Bergkamp é a segunda opção dos Gunners para ser o substituto de Wenger, logo após Thierry Henry.

 

Foto: Sky Sports

Deixe seu comentário
SHARE