De saída do Chelsea, John Terry deve acertar ida para o futebol chinês

0

Após anunciar que está de saída do Chelsea, o eterno capitão e ídolo John Terry está livre para assinar um pré-contrato com qualquer equipe e já teria seu destino definido. De acordo com o jornal britânico The Sun, Gus Poyet, ex-companheiro de clube do zagueiro e atual técnico do Shanghai Shenhua, da China, confirmou que as negociações estão avançadas.

John Terry tem contrato com o Chelsea apenas até o final de junho deste ano e depois disso estará livre para se transferir o futebol chinês, a sua saída dos Blues já havia sido confirmada há algum tempo. Gus Poyet jogou junto com o zagueiro por quatro anos no Stamford Bridge e segundo a publicação é o principal responsável pela negociação e indicação do jogador.

Outros clubes da Inglaterra também demonstraram recentemente o desejo de contar com o zagueiro, como o Swansea City e o Bournemouth. No entanto ter a oportunidade de trabalhar novamente com o ex-companheiro Poyet teria atraído John Terry que tem uma amizade com agora treinador, o alto salário que receberá na China também é um dos fatores positivos.

Poyet se mostrou confiante de que conseguirá levar o amigo a ir para o futebol chinês. “É uma grande oportunidade para ele e todos os times daqui. A última mudança na quantia de estrangeiros permitidos na liga fez com que algumas equipes decidissem não trazer defensores, mas estamos falando sobre alguém muito especial”, disse o técnico em entrevista.

Atualmente o Shanghai Shenhua tem em seu elenco como principal estrela o atacante argentino Carlos Tévez, ex-Boca Juniors, que acertou sua ida para futebol chinês no inicio da atual temporada. John Terry está em sua fase final de carreira já com seu 36 anos e não vem sendo titular do Chelsea nas últimas partidas, ele afirma que deve jogar por duas ou três temporadas.

Deixe seu comentário
SHARE