Para continuar no Atlético de Madrid, Simeone quer Diego Costa

0

Após perder o título da Liga dos Campeões, Diego Simeone disse que iria repensar a permanência no Atlético de Madrid para a próxima temporada. Segundo informações do o jornal britânico Daily Star, um dos pedidos do técnico argentino para continuar no comando da equipe espanhola é o retorno do atacante Diego Costa, do Chelsea.

Nessa semana, os principais jornais espanhóis publicaram que a contratação de jogadores de peso era a principal condição que Simeone impôs para seguir no clube. Na temporada passada, o comandante teria pedido as chegadas de Cavani ou Tevez para reforçar o ataque, no entanto não foi atendido oque teria desagradado o técnico.

A contratação do atacante não deve ser das mais fáceis para o Atlético de Madrid. Embora especula-se que Diego Costa tenha manifestado interesse de retornar ao clube, pelo qual atuou entre 2007 e 2014, o Chelsea não estaria disposto a abrir mão do jogador, que foi contratado por 42 milhões de euros há dois anos. Um fator que poderia facilitar o negócio é a possível chegada de Romelu Lukaku ao clube inglês, abrindo espaço para a saída do jogador.

Existe também um forte concorrente para tirar Simeone do time colchonero. De acordo com o jornal Mundo Deportivo, o indonésio Erick Thohir, proprietário da Inter de Milão, tem o sonho pessoal de colocar Simeone no comando do elenco na próxima temporada, e, para concretizar seu objetivo, estaria disposto a pagar cerca de R$ 402 milhões por um acordo de cinco temporadas.

Com 74 partidas com a camisa dos Blues, Diego Costa soma 35 gols e 15 assistências, se tornando peça-chave no elenco da equipe e considerado de extrema importância no time principal. No entanto, o Atlético de Madrid também estuda outros opções do mercado. Os mais especulados são: Mauro Icardi, Edinson Cavani, Gonzalo Higuaín, Romelu Lukaku e Cristian Benteke.

 

Foto: Nick Potts/PA

Deixe seu comentário
SHARE