Diego Costa descarta China e afirma que pode jogar por clube brasileiro

0

Diego Costa está de saída do Chelsea, apesar do recente interesse do Milan o desejo do jogador é um retorno ao Atlético de Madrid. No entanto o clube espanhol teve uma punição da Fifa e não poderão inscrever jogadores na próxima janela de transferências, com isso o atacante vê a possibilidade de ser emprestado até o fim do ano a um clube brasileiro.

Mesmo estando fora dos planos do técnico Antonio Conte, Diego Costa tem mais dois anos de contrato com o Chelsea, que decidirá sobre as negociações. Na semana passada foi divulgado um interesse do Milan, o jogador tem o desejo de atuar no futebol italiano e já afirmou isso publicamente, mas sua primeira opção no momento é o Atlético de Madrid.

Diego Costa também vem sendo especulado desde o início do ano como possível reforço do futebol chinês, no entanto o atacante descarta uma transferência para a Ásia. “Descarto a China, tenho que pensar no meu futuro. Tenho que pensar no Mundial. Se luto e faço as coisas bem, tenho muitas chances de ir ao Mundial. Não posso ir para a China”, completou.

Após o episódio polêmico da semana passada sobre a dispensa via uma mensagem de celular, o técnico Antonio Conte percebeu que sua atitude com Diego Costa não foi de forma alguma o caminho correto. O treinador ainda admitiu que colaborou para desvalorizar o atacante de 28 anos, uma vez que o valor do jogador no mercado caiu cerca de algo em torno de R$ 37,6 milhões.

Na mensagem enviada por Antonio Conte, cujo conteúdo e forma de comunicação irritaram Diego Costa, o treinador o informou que ele não estava em seus planos para a próxima temporada. A atitude do técnico gerou irritação na diretoria do Chelsea que deu uma dura no italiano. O atacante brasileiro naturalizado espanhol foi autor de 20 gols em 35 partidas no título do clube inglês na Premier League.

Deixe seu comentário