Após deixar o Cruzeiro, Hudson pode reforçar o rival Atlético-MG

0

Sem ter conseguido manter Hudson, o Cruzeiro corre risco de ver o jogador reforçar o rival Atlético-MG na próxima temporada de 2018. Caso o negócio se concretize o futebol mineiro pode protagonizar em um curto período de tempo mais uma transferência do tipo vira-casaca, o Galo agiliza as conversas porque sabe que tem outros interessados no volante.

A vontade de Hudson de permanecer em Belo Horizonte pode pesar a favor do Atlético-MG. Natural de Juiz de Fora, Minas Gerais, o volante quer continuar morando na capital mineira, onde já está adaptado e ficaria mais perto dos familiares, pessoas próximas ao jogador já revelaram que ele teria ficado animado com o interesse do Galo em sua contratação.

Conforme apurado as conversas estão em fase inicial e o Galo pretende intensificar essas negociações nos próximos dias. Até o momento o Atlético-MG a inda nem sequer enviou uma oferta oficial ao São Paulo, clube que detém os direitos econômicos do volante, mas pretende fazer isso o mais rápido possível e daria uma espécie de troco no rival Cruzeiro.

Caso Hudson seja realmente contratado, o Galo daria o troco no Cruzeiro, que anunciou o retorno do centroavante Fred de forma repentina no último sábado. Além do Atlético-MG, tem outros clubes interessados no volante de 29 anos, como o Santos que cogita envolver uma troca pelo lateral-direito Victor Ferraz, que é alvo do São Paulo, oque se sabe é que o jogador não deve retornar ao Tricolor paulista.

Hudson foi um dos pilares do Cruzeiro na conquista da Copa do Brasil e a permanência dele era uma das prioridades da nova diretoria e do técnico Mano Menezes. A Raposa contudo não conseguiu chegar a um acerto São Paulo após uma novela nas negociações, o jogador tem contrato válido com o Tricolor até o fim de 2019 e a multa rescisória é de cerca de 1,5 milhão de euros, algo em torno dos R$ 5,8 milhões.

Deixe seu comentário