Alex rejeita proposta do Avaí e decide por encerrar sua carreira

0

O meia Alex de 35 anos decidiu rejeitar a proposta do Avaí e encerrar sua carreira no futebol. O jogador que é ídolo do Inter negociava com o clube catarinense para a disputa da Série A do Brasileirão, mas na manha desta quinta-feira comunicou o presidente do Leão, Francisco José Battistotti, sobre a decisão de se aposentar dos gramados a pedido da família.

A possibilidade de encerrar a carreira sempre foi levantada por Alex durante as negociações com o Avaí. Mesmo cientes disso os catarinenses continuavam mantendo a confiança de que o experiente meia tentaria mais esse novo desafio na carreira. O jogador estava sem clube desde que deixou o Internacional após rescisão de seu contrato no inicio dessa temporada.

O plano inicial de Alex era encerrar carreira no Inter, clube que o projetou ao futebol e onde ele se tornou ídolo. Ele chegou em 2004 vindo do Guarani e por lá conquistou a Libertadores e o Mundial de 2006, a Sul-Americana de 2008, três Campeonatos Gaúchos e duas Recopas. Em 2009 foi vendido ao Spartak de Moscou, na Rússia e voltou ao Brasil em 2011 para defender o Corinthians.

Em 2012 novamente deixou o país e foi defender o Al Gharafa, do Qatar. No ano seguinte retornou ao Colorado para a sua segunda passagem e tinha por objetivo concluir a trajetória nos gramados no clube, no entanto o vexatório rebaixamento do Inter para a Serie B no ano passado acabou atrapalhando seus planos e culminou com sua saída ainda em janeiro desse ano, ele tinha contrato ainda por mais seis meses.

Sem Alex, o Avaí segue no mercado da bola a procura de reforços, na lista de prioridades do clube segue a busca por um meia e um atacante experiente, para fechar assim o ciclo de contratações. Nesta semana a equipe catarinense anunciou três contratações, o ex-lateral e agora meia Juan, ex-Flamengo e que estava no Goiás, o lateral-direito Maicon, que defendeu a seleção brasileira, e Willians, atacante ex-Palmeiras e Fluminense.

Deixe seu comentário