Santa Cruz entra na briga pela contratação de Renato Cajá

Em busca de reforços para a disputa da Serie A do brasileirão, o Santa Cruz mira um nome de peso para reforçar o meio campo. No alvo, o meia Renato Cajá, de 31 anos, e que está insatisfeito no Sharjan FC, o jogador já declarou a vontande de retornar ao Brasil.

As conversas iniciaram no fim da última semana e, para poder bancar os salários do jogador, existe uma estratégia usando a Dry World, futura fornecedora de material esportivo do clube. A empresa canadense está disposta a bancar os salários do atleta, que estão acima do teto imposto pela diretoria do clube pernambucano.

Após a Dry World confirmar o acordo com o Santa Cruz, ficou combinado que a empresa canadense bancaria um jogador com nome respaldado. O salário será pago pela fornecedora. Em conversas com os representantes, a diretoria tricolor pediu que, se possível, o nome fosse o de um camisa 10, assim o nome de Renato Cajá entrou em pauta.

A Ponte Preta também demonstrou o interesse em contar com o retorno do meio campo, que defendeu o clube entre 2014 e 2015. Com a concorrência o então empresário de Cajá, Cláudio Guadagno, foi procurado pelo Santa Cruz. O vice-presidente do clube, Constantino Júnior, tratou o negócio com animação e esperança de um bom desfecho.

 

Foto: Divulgação

 

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo