Alan Kardec quer voltar ao Brasil e analisa propostas de três clubes

A crise financeira do futebol chinês pode fazer com que mais um craque brasileiro volte a atuar por aqui. O nome da vez é o de Alan Kardec. O centroavante está fora do Brasil desde 2016. Segundo representante do jogador, três clubes brasileiros fizeram propostas iniciais para contar com o atacante, que agora estuda suas opções e espera tomar uma decisão nos próximos dias.

Ainda com contrato com o Shenzhen, da China, o jogador ainda precisa lidar com questões contratuais e o recebimento de salários atrasados antes de pensar no próximo passo para sua carreira. O agente de Alan Kardec, Marcos Casseb, informou que o clube chinês tem uma dívida milionária com o jogador, referente a pelo menos cinco meses de salários atrasados.

Salários atrasados e desejo de jogar no Brasil novamente pesam. O clube diz que paga ainda em janeiro, mas as questões financeiras são graves. Por isso, o jogador já considera praticamente consumada a rescisão contratual e já está conversando com clubes para definir seu futuro. O grande desejo de Alan Kardec, hoje com 33 anos, é voltar ao Brasil.

Revelado pelo Vasco, defendeu brevemente a camisa do Internacional antes de ir para o Benfica, em 2009. Porém, teve dificuldade para se firmar no clube português, e em 4 anos de contrato por lá, foi emprestado duas vezes. Acabou defendendo o Santos e o Palmeiras, e teve passagens positivas pelos dois clubes. Em 2014, foi contratado em definitivo pelo São Paulo, clube que defendeu por dois anos.

Alan Kardec está há um bom tempo no futebol chinês

Em 2016 chegou o atacante brasileiro à china e não saiu mais de lá. Teve uma passagem de cinco anos pelo Chongqing Dangdai e no ano passado foi para o Shenzhen. A crise financeira está correndo muitos brasileiros de lá. Alan Kardec deve vir ao Brasil acertar seu futuro. O agente do atleta não informou quais são, mas deixou no ar que três clubes brasileiros estão interessados no futebol de Alan Kardec para a temporada de 2022

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo