Alan Patrick aceita proposta e Inter corre para finalizar a contratação

O meia Alan Patrick segue buscando um rumo para o ano de 2022 e parece estar muito perto de reforçar o Internacional para a temproada. Segundo a imprensa gaúcha, o jogador tem um acordo muito adiantado com o Internacional, faltando apenas a assinatura junto ao Shakhtar Donetsk, o Colorado parece ter vencido a forte concorrência de outros grandes clubes brasileiros pelo jogador.

O clube ucraniano detém os direitos do jogador até o final de 2025, mas deve emprestar o meia devido a crise vivida no país. Se confirmado o negócio, o Inter corre contra o tempo para inscrever o jogador na Copa Sul-americana e nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. A janela de transferências vai até o dia 12 e o clube precisa de agilidade no processo.

Muitos não sabem, mas Alan Patrick já atuou no Internacional por uma temporada e meia, e criou uma relação com a torcida e o clube gaúcho. Isso pode ter pesado nesta atual negociação e encaminhado o negócio para um acordo. O jogador chegou ao Inter no final da temporada de 2013 e atuou por todo o ano de 2014 em Porto Alegre.

Alan Patrick jogou por 49 partidas com a camisa do colorado e marcou quatro gols, e conseguiu ser importante no Campeonato Brasileiro de 2014, em que o Internacional terminou com a terceira colocação e vaga direta na Copa Libertadores. O começo da carreira de Alan Patrick foi no Santos, em 2010, e surgiu como um importante nome da base santista, junto com Neymar e Ganso.

Alan Patrick demorou mas conseguiu ter destaque no Shakhtar

Em 2012 foi vendido para o Shakhtar, mas demorou muito tempo para virar titular constante por lá. Depois de sair do Inter ainda foi emprestado para o Palmeiras e o Flamengo, antes de finalmente ganhar espaço no clube ucraniano em 2017. Desde então, é titular absoluto e tem muito carinho da torcida. O meia de 30 anos deve estar com as malas prontas para voltar a Porto Alegre, e deve retomar a parceria com Taison no Inter, com quem dividiu o campo por muitas temporadas na Ucrânia.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo