Athletico entra na disputa pela contratação do lateral Mario Fernandes

O Athletico entrou na disputa pela contratação do lateral-direito Mario Fernandes, ex-Grêmio, que está livre no mercado e busca novo clube. O defensor naturalizado russo, suspendeu em maio seu contrato com o CSKA Moscou, com a liberação da Fifa devido os conflitos entre Rússia e Ucrânia, desde então tem negociado com clubes brasileiros, mas ainda não definiu seu futuro.

Mario Fernandes vai ser pai em setembro e retornou ao Brasil para ficar perto da família, e tem planos de seguir sua carreira em um retorno ao futebol brasileiro. O técnico Felipão teria dado aval para as negociações e a diretoria atleticana também vê o lateral-direito como boa opção no mercado, após negociação com Daniel Alves não ter ainda avançado.

O Athletico já admitiu que a negociação com Daniel Alves é difícil, e por isso nos bastidores passou a monitora outros nomes no mercado, tendo como principal Mario Fernandes. Para a lateral direita, o Furacão conta com Khellven que é titular, e Orejuela como opção, mas a comissão técnica teria pedidoa a chegada de um reforço experiente para o setor.

Revelado pelo São Caetano, Mario Fernandes rapidamente se destacou no Grêmio entre 2009 a 2012, durante esse período com a camisa gremista o lateral chamou atenção após recusar um convite para defender a seleção brasileira, em 2011. Posteriormente se transferiu para o CSKA Moscou, onde é ídolo da torcida, e se naturalizou russo, tendo defendido o país anfitrião da Copa do Mundo 2018, sendo titular.

Athletico volta suas atenções para as competições mata-mata

Vice-líder no Campeonato Brasileiro Serie A 2022, o Athletico vender o Palmeiras fora de casa e convenceu com um bom futebo, e segue sonhando com o título nacional que não ganha desde 2001. A equipe de Felipão agora volta sua atenção para os torneios mata-mata, da Copa Libertadores, no qual enfrenta amanhã o Libertad, do Paraguai, e também Copa do Brasil na semana que vem contra o Bahia, no fim de semana enfrenta o Goiás pelo Brasileirão.

 

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo