Atlético-MG monitora o meia argentino Di María, de saída do PSG

De olho na temporada 2022, o Atlético-MG está monitorando o meia argentino Ángel Di Maria, de 33 anos, que está de saída do PSG. As primeiras especulações sobre a possibilidade do Galo acertar com o craque surgiram na noite da última segunda-feira, e rapidamente gerou uma grande repercussão entre a torcida atleticana, que se animou com os rumores e apoiou a possível contratação.

Caso o interesse avance e o Atlético-MG decida investir em Di Maria, o aporte financeiro partiria dos empresários que fazem parte da gestão do clube, como exemplos para os donos da patrocinadora MRV. Conforme apurado o jogador teria que reduzir consideravelmente seus salários, mesmo assim ganharia um dos maiores vencimentos do futebol brasileiro.

Di Maria tem contrato com o PSG somente até junho e a renovação é considerada difícil, pois devido a idade e o histórico dos franceses de não renovar com medalhões é improvável que fiquei por lá. Mas nesse momento não faltam interessados na própria Europa, apesar de que o jogador já sinalizou que cogita um retorno ao futebol sul-americano.

Ángel Di María foi revelado pelo Rosário Central, está no futebol europeu há mais de 14 anos, para onde se transferiu ainda muito jovem para defender Benfica. Viveu seu auge com a camisa do Real Madrid, conquistando a Liga dos Campeões. Depois, defendeu o Manchester United, onde teve passagem rápida se transferindo para o PSG em 2015, por lá foi importante no time que empilhou títulos nacionais.

Enquanto sonha com Di María, Galo deve anunciar reforços

Enquanto sonha com a contratação de Di María, o Atlético-MG pode anunciar em breve o meia Edenílson, que já tem um acordo verbal com o clube clube Resta agora pagamento da multa rescisória de US$ 3 milhões para o Internacional, o que deve ocorrer nos próximos dias. Ademir, contratado do América-MG, e Vitor Mendes e Guilherme Castilho que estão retornando de empréstimos, também são novidades para a temporada 2022.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo