Como vai se sair a França na próxima Copa do Mundo do Catar?

A França foi o derradeiro vencedor da última Copa do Mundo da FIFA que se realizou na Rússia, em 2018. É também um dos favoritos para ganhar a edição deste ano. Portanto, a questão que se coloca à maioria dos apostadores é o que se espera deles durante a Copa do Mundo do Catar? Bem, há certos fatores que os grandes apostadores devem ter em consideração antes de entrarem todos.

  • Últimas Partidas

Les Bleus têm tido resultados bastante fracos no Grupo 1 da Liga A da Liga das Nações. Primeiro perderam no seu jogo contra a Dinamarca 1-2, empataram duas vezes, a primeira com a Croácia 1-1, a outra com a Áustria 1-1, e depois tiveram outro jogo com a Croácia, só que desta vez perderam 0-1.

  • Jogadores de primeira linha

A França tem alguns dos melhores jogadores, não só em termos de competências mas também em termos de valor de mercado; o que está no auge da lista é sem dúvida Kylian Mbappé. O centro-avante está avaliado em 160 milhões de euros, seguido por Aurélien Tchouameni e Christopher Nkunku, ambos com 80 milhões de euros cada, o próximo Jules Koundé com 60 milhões de euros, e Ousmane Dembélé com 50 milhões de euros.

  • Muitos lesionados

Outro ponto a considerar é que nos últimos meses, a seleção francesa sofreu bastantes lesões, como o de Hugo Lloris, o capitão da seleção. N’Golo Kante, Ousmane Dembele, Jules Koundé, e Karim Benzema são alguns outros exemplos. Esta situação deixa bem claro que a seleção poderia estar exageradamente forçada e talvez entrar no torneio exausta desde o início; um sinal terrível. Contudo, o treinador principal Didier Deschamps mostrou-se durante as entrevistas totalmente despreocupado com estes assuntos. Ele afirmou que os seus jogadores estariam de volta à seleção antes do início da Copa do Mundo do Catar, e tinha a certeza de que conseguiria fazer com que aqueles que estivessem fora de serviço voltassem aos eixos num instante. Não importa o que aconteça, os tipsters profissionais estão a ter tudo em conta.

  • A competição

Em termos de chances, Les Bleus ainda têm a vantagem, dado que os países europeus ganharam a competição desde que a Itália venceu em 2006, tendo a última vitória de um país não europeu sido em 2002, quando o Brasil derrotou a Alemanha por 2-0, tornando-se assim o primeiro a ganhar a referida competição 5 vezes no total. Embora, entre todas as seleções de países latino-americanos, a Canarinho não deve ser subestimada, especialmente porque estão entrando diretamente invictas na Copa do Mundo deste ano, uma vez que a sua partida com a Argentina foi suspensa. Globalmente, os maiores rivais da França, com os quais poderão se encontrar na final, poderão ser Espanha, Bélgica, ou Alemanha.

  • Vitórias Passadas

Em todo o caso, as odds mostram que a França continua a ser um dos favoritos para ganhar a Copa do Mundo deste ano; isto em grande parte devido ao quão bem se distanciaram quando venceram em 2018, especialmente com vitórias como os seus jogos contra a Argentina (4-3), onde conseguiram a vitória, apesar de a Albiceleste ter lutado até ao fim, decidida a conquistar a vitória para si própria. Os jogos contra o Uruguai (0-2) e a Bélgica (1-0) em que nenhum dos adversários teve chances contra os Bleus foram também uma verdadeira demonstração de habilidade; e, claro, a surpreendente final em que lutaram contra a Croácia pelo título, que foi, no mínimo, duro, mas no final, a pontuação final foi de 4-2.

Os franceses asseguraram o gol final no minuto 65, marcado por Kylian Mbappé, e apesar de os croatas terem marcado eles próprios no minuto 69, já era muito tarde, pois o jogo tinha sido decidido e não havia mais nada que pudessem ter feito a partir desse momento. Portanto, ainda há toneladas de esperanças colocadas à França para ganhar o torneio deste ano no Catar, embora os jogos recentes na Liga das Nações tenham sido bastante medíocres. E, se os quiser apoiar, então esta é a lista dos melhores apostadores para você.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo