Ainda em busca de um camisa 9, Corinthians monitora Falcão Garcia

O experiente atacante colombiano, Falcão García, está negociando sua saída do futebol espanhol e pode pintar no Corinthians. O jogador está atualmente no Rayo Vallecano e vê um retorno ao futebol sul-americano como boa opção. Durante toda esta janela, o Timão vem tentando um centroavante para chegar como titular absoluto do elenco, que foi muito reforçado no final de 2021.

Muitos nomes foram considerados, como Cavani e Diego Costa. A possibilidade de contar com Falcão García foi muito bem recebida pela direção do Corinthians, que já abriu negociações e analisa a melhor forma de conseguir contratar o jogador de 35 anos e que tem uma carreira marcada pela proximidade com as redes. A maior parte da carreira de Falcão Garcia se deu no futebol europeu.

Foi no velho continente em que o jogador marcou história em diferentes clubes e atuou com algumas das camisas mais pesadas do futebol mundial. Foram 11 anos na Europa. Essa jornada começou em 2009, quando o jogador deixou o River Plate, clube que o revelou. Ele jogou em 114 partidas com a camisa do clube argentino e marcou 45 gols.

Chegou ao Porto como um fenômeno do futebol sul-americano e não decepcionou! Suas performances em Portugal renderam uma venda importante para o Atlético de Madrid, em 2011. Dois anos depois, foi para o Monaco, da França. Foi em 2014 que Falcão começou a viver os primeiros problemas em sua carreira. Uma lesão no joelho o afastou dos campos e travou seu crescimento no clube francês.

Falcão Garcia também já atuou no United e no Chelsea

Ainda vestiu a camisa do Manchester United e do Chelsea, por empréstimo, antes de chegar ao Rayo Vallecano. Apesar de não estar no seu melhor momento, ainda é um atacante importante para seu clube e para a seleção de seu país. No futebol brasileiro, Falcão poderia ser um nome muito importante. Sua capacidade de decisão na frente do gol adversário e a experiência nas principais ligas do mundo podem ser fundamentais para o 2022 do Timão.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo