Coritiba e Cruzeiro disputam contratação do atacante Lincoln, ex-Fla

Ex-Flamengo, o atacante Lincoln pode voltar ao futebol brasileiro nesta janela de transferências e vem sendo disputado por Coritiba e Cruzeiro. Atualmente no Vissel Kobe, do Japão, o jogador é alvo dos dois clubes, no momento a Raposa tem mais avanço nas negociações, por ter iniciado primeiro, mas o Coritiba planeja tentar convencer o centroavante de atuar pelo clube na sequencia dessa temporada.

O Cruzeiro já oficializou uma proposta pelo atacante, e teve uma sinalização animadora por parte do agente de Lincoln. A intenção do clube mineiro é contar com o futebol do jogador por empréstim com opção de compra ao final desse vínculo, fixada em cerca de 6 milhões de reais por 50% dos direitos econômicos, o valor é compatível ao valor de mercado.

O Coritiba entrou depois na disputa, mas sabe que Lincoln está mais perto do Cruzeiro, a ideia seria também um empréstimo, mas sem fixar opção de compra. A Raposa, assim como fez outras negociações, espera fechar esse negócio, apresentando uma proposta sólida a longo prazo para o atacante, que de início teria se animado com a proposta cruzeirense.

Lincoln está com 21 anos e subiu ao time profissional do Flamengo ainda muito jovem, considerado grande promissor e praticamente da mesma geração de Vinicius Júnior, que hoje brilha no Real Madrid. Mas, o atacante nunca conseguiu render o esperado, apesar de também ter tido alguns bons momentos, fazendo parte do elenco com títulos conquistados sob o comando do histórico técnico Jorge Jesus.

Mais maduro, Lincoln pode brilhar no futebol brasileiro

A melhor temporada do atacante pelo Flamengo foi em 2019, quando, em 17 jogos disputados, marcou 3 gols, além de duas assistências. No Japão soma 4 gols em 31 jogos disputados. Quem acompanhou o início de carreira do jogador avalia que ele tem grande qualidade técnica, mas problemas extra campo acabaram o atrapalhando no Fla. É nessa qualidade que Cruzeiro e Coritiba demonstram interesse no jogador, agora mais maduro.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo