Flamengo monitora o meia uruguaio Matias Vecino, da Inter de Milão

Começam a surgir os primeiros nomes da era Paulo Sousa no Flamengo e o primeiro nome cogitado é o do uruguaio Matías Vecino. A chegada do treinador português abriu a temporada de negociação por jogadores no clube carioca. O volante defende a camisa da Inter de Milão, e tem contrato até julho deste ano, o que pode facilitar uma negociação.

A direção do Flamengo e o novo treinador acreditam que ele tem potencial para chegar como titular do clube e ser uma peça importante. Os dirigentes do Flamengo agem com cautela porque sabem que o negócio não será fácil. O jogador ainda tem mercado na Europa e a Inter pode buscar uma compensação financeira antes do final do contrato com o jogador.


Bônus até R$150 grátis
Clique aqui

Bônus até R$6.000 grátis
Clique aqui


Bônus até R$100 grátis
Clique aqui

Segundo pessoas próximas a Vecino, o jogador quer muito jogar no Brasil e tem o Flamengo como uma prioridade. Porém, qualquer negociação nesse sentido só poderá ser iniciada quando ele conseguir a liberação de seu atual contrato. A relação pessoal entre Vecino e Arrascaeta pode pesar muito na decisão do atleta, e ajudar o Flamengo.

Alías, Vecino quer convencer o novo treinador da seleção uruguaia, Diego Alonso, a chamá-lo para a Copa do Mundo de 2022. O meia acredita que no Brasil suas chances aumentariam muito. O jogador de 30 anos tem 119 partidas com a camisa da Inter, clube que defende desde 2017. Neste período, marcou 13 gols, porém foram apenas 15 atuações na atual temporada, com apenas duas titularidades.

Matias Vecino tem boa rodagem e experiência no futebol

Por isso, Matias Vecino quer a rescisão com os italianos e busca um clube em que tenha espaço para demonstrar seu melhor futebol, e a direção do Flamengo quer apresentar um plano que convença o atleta. Além da Inter, o experiente volante uruguaio já defendeu as cores da Fiorentina, do Empoli e do Cagliari na Itália, além de ter dado os primeiros passos de sua carreira no Central Español e no Nacional, ambos do Uruguai.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo