Flamengo tem o sim Everton Cebolinha e fará proposta de R$ 75 milhões

O Flamengo prepara uma proposta de 14 milhões de euros, algo em torno dos R$ 75 milhões pelo atacante Everton Cebolinha, do Benfica. O clube português vê com bons olhos a transferência do jogador brasileiro para abrir espaço para contratações na próxima janela, mas tenta subir um pouco o valor da negociação, mas há no momento chance de que o negócio seja fechado pelo que o Fla deseja pagar.

Everton, de 26 anos, está avaliado pelo Benfica em pelo menos 15 milhões de euros, cerca de R$ 80 milhões, mas deve aceitar a negociação por um valor um pouco abaixo. Para aceitar a proposta do Flamengo a ideia do clube português é tentar segurar parte dos direitos econômicos ou incluir bônus por metas atingidas do atacante na nova equipe.

Procurado, o empresário de Everton Cebolinha demonstra otimismo em um acordo, e já estaria dando como certo o negócio com o Flamengo. O atacante hoje está na lista de transferências da equipe de Lisboa e o seu agente já havia revelado na semana passada que o jogador tinha preferência no Brasil pelo Rubro-Negro, o que deve se confirmar.

Inicialmente, Everton não estava disposto a voltar agora ao Brasil e desejava continuar na Europa, para se firmar por lá, mas mudou de ideia nos últimos dias, e começou a ver com bons olhos um acerto com o Flamengo, onde chegaria para ser umm dos craques do time, agora comandado por Dorival Júnior. Não é de hoje o interesse do Fla no habilidoso atacante, o clube chegou a tentar a contratação em janeiro, sem sucesso.

O Benfica dá a saída de Everton Cebolinha como certa

Agora a situação mudou, com o final da temporada europeia o Benfica já aceitar negociar o brasileiro. Everton Cebolinha chegou ao clube português em 2020, por 20 milhões de euros, depois de se destacar com a camisa do Grêmio, mas não se firmou por viver altos e baixos, com um total de 95 partidas disputadas e 15 gols marcados,  além de ter dado 17 assistências. Nas últimas semanas o atacante foi colocado na lista de negociáveis.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo