Fluminense chega a acordo com lateral equatoriano Mario Pineida

Em busca de reforços para 2022, o Fluminense analisa a situação no mercado do lateral-esquerdo Mario Pineida, do Barcelona de Guayaquil. O jogador pode ser parte do elenco do clube para a temporada que vem, que ainda pode contar como uma vaga para a Copa Libertadores. Por isso, o tricolor das laranjeiras está em busca de peças que possam qualificar o grupo de jogadores.

A diretoria quer garantir uma maior competitividade para o clube, caso essa vaga seja de fato conquistada. Segundo a Rádio Huancavilca, do Equador, o clube carioca está perto de adquirir o jogador para a próxima temporada, por meio de empréstimo. Seria uma ótima solução para um clube que não tem condições de ser um gastador convicto no mercado.

O jogador de 29 anos está no Barcelona desde 2016, quando saiu do Independiente Del Valle para defender uma das camisas mais pesadas do Equador. Com as cores do Barcelona, Pineida entrou em campo 180 vezes e marcou três gols. Além disso, deu 10 assistências, sendo um dos destaques do clube nas últimas temporadas disputadas.

Entre suas participações com o Barcelona, destacam-se as partidas contra o próprio Fluminense, pelas quartas de final da Libertadores de 2021. O jogador fez parte de uma campanha muito boa dos equatorianos. Além do Fluminense, a imprensa local afirma que um clube dos Estados Unidos também tem interesse em contratar o jogador, e pode oferecer uma oferta que deixe o tricolor carioca para trás nessa negociação.

Mario Pineida já deu sinais que está a caminho do Fluminense

Caso não apareça uma proposta muito atraente por Pineida, é possível imaginar que o Fluminense consiga adquirir o lateral. Seria um reforço fundamental para uma posição em que o clube não conseguiu firmar nome algum. Jogadores como Egídio, Marlon e Danilo Barcelos foram testados na lateral-esquerda tricolor em 2021, mas nenhum conseguiu se firmar. A contratação seria fundamental para dar uma nova opção para a posição.

Deixe seu comentário

Lucas Telles

Goiano, 24 anos, comentarista esportivo e colunista do Mercado da Bola, se dedica a escrever sobre algo que já praticou que é o Futebol.
Botão Voltar ao topo