Livre no mercado, Lucas Lima desperta interesse de Goiás e Santos

Atualmente livre no mercado, o meia Lucas Lima está na mira de Goiás e Santos para a próxima temporada, e vem analisando as propostas recebidas. Vestindo a camisa do Santos, o jogador de meio-campo teve a chance de atuar na seleção brasileira e foi alvo de especulações sobre uma possível contratação pelo Barcelona, que quase o contratou, mas depois teve um declinio em sua carreira.

Em 2017, devido a desentendimentos com a administração do Santos, Lucas Lima não renovou e logo depois acabou assinando com o Palmeiras, onde sua carreira sofreu uma grande reviravolta. No Palmeiras, o jogador de meio-campo não foi capaz de reproduzir o mesmo desempenho que teve no Santos e acabou perdendo espaço na equipe.

Outro interessado na contratação, o Goiás tem uma boa opinião sobre a contratação do jogador para a disputa dessa temporada 2023, de olho principalmente no Campeonato Brasileiro. Agora, resta saber se as ofertas financeiras do time agradam ao meia, já que é improvável que ele receba um salário comparável ao que tinha no Palmeiras.

Em 2021, Lucas Lima acertou sua ida para o Fortaleza, equipe que o contratou por empréstimo por dois anos. Durante esse período, ele marcou 1 gol em 68 jogos, desempenho considerado insuficiente, então o Fortaleza não o comprou de forma definitiva. Com isso, o meio-campista se tornou um jogador livre, já que o Palmeiras não renovou seu contrato, agora está em busca de um novo clube.

Futuro de Lucas Lima deve estar entre Goiás ou Santos

Desde que ficou livre no mercado da bola, Lucas Lima tem seu nome ligado a vários times, incluindo o Santos e o Goiás. Recentemente, notícias de um acerto com o Peixe têm sido compartilhadas nas redes sociais, gerando opiniões divididas entre a torcida do clube da Vila Belmiro, alguns apoiam o retorno do jogador, outros não, e isso pode pesar nas negociações, visto que o jogador tem receio de uma eventual rejeição, e isso favorece o Goiás.

Deixe seu comentário

Lucas Silva

Goiano, 30 anos, criador do Mercado da Bola, se dedica a escrever e comentar sobre algo que ama, que é o futebol.
Botão Voltar ao topo