De saída do Nacional, Luis Suárez analisa Brasil como possível destino

A volta do atacante Luis Suárez ao futebol sul-americano recebeu destaque no continente inteiro e foi uma história marcante da temporada. O jogador acertou o retorno para o Nacional do Uruguai, seu clube de origem, até o final deste ano. Porém, informações vindas do Uruguai deixam claro que o jogador não pretende continuar no clube para o ano que vem.

Seu salário é alto para o padrão uruguaio e Suárez queria estar em seu país antes da Copa do Mundo. Assim, existe uma real possibilidade do uruguaio pintar no futebol brasileiro a partir do ano que vem. Seus rendimentos são compatíveis com os valores praticados no País e existe interesse do mercado. Entretanto, alguns empecilhos podem dificultar um acordo para 2023.

Aos 35 anos, Suárez acredita que está vivendo as últimas temporadas de sua carreira, e quer viver esse período com tranquilidade e bem-estar, sem sofrer como acontece com jovens em começo de carreira. Por isso, o Brasil não é uma prioridade para o atleta, mas está sendo analisado. Entre os motivos citados, destaca-se o calendário do futebol nacional.

O Brasil tem um calendário extenso e que conta com mais jogos que a maioria das temporadas nacionais no continente e no mundo. Isso pesará muito na decisão de Suárez. O atacante não quer ter que passar pelas longas viagens, pelas curtas semanas de treinamento e pelas dificuldades associadas ao futebol brasileiro na fase final de sua carreira. Algums clubes brasileiros tem a capacidade de manter os atuais rendimentos do atleta.

É preciso convencer Luis Suárez de um projeto no Brasil

O futebol brasileiro tem um nível muito alto de cobrança por parte da imprensa e da torcida, principalmente nos clubes gigantes, que demonstraram interesse no uruguaio. Portanto, se algum clube brasileiro quiser contar com o futebol do atacante, será necessário formar um planejamento complexo e bem fundamentado para convencer Luis Suárez de que atuar no Brasil pode ser uma boa experiência para sua carreira.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo