Oferecido ao Flamengo, Funes Mori tem interesse em jogar no Brasil

Em meio a especulações sobre seu nome, o zagueiro Ramiro Funes Mori sinalizou que gostaria de defender o Flamengo nesta temporada. O jogador quer tomar um novo rumo para a sua carreira, atualmente, ele defende o Al-Nassr, da Arabia Saudita. O jornalista Jorge Nicola noticiou que o empresário Daniel Kozic ofereceu o atleta para o clube carioca, que ficou de dar uma resposta sobre o jogador nos próximos dias.

Porém, o jogador já se comprometeu a buscar sua rescisão junto a seu atual clube. Caso o Flamengo sinalize interesse em contar com o jogador de 30 anos, a negociação já pode começar para a vinda do argentino para o clube carioca. Seria um reforço importante que melhoraria ainda mais o setor defensivo, que já recebeu Fabricio Bruno.

Depois de passar o último semestre na Arabia Saudita, o jogador quer voltar ao mercado sul-americano, e vê no Flamengo sua grande possibilidade para crescer e retomar ao futebol de alto nível, inclusive brigando por vaga na seleção argentina. Ele já atuou na seleção de seus país em diversas possibilidades, mas perdeu espaço após sair do Villarreal e ir para o Al-Nassr.

Portanto, ele precisa procurar espaço em um clube organizado como o Flamengo. Funes Mori começou sua carreira com a camisa do River Plate, da Argentina, e defendeu o clube de 2011 até 2015. Ainda jovem, chamou muita atenção do mercado europeu e foi contratado pelo Everton, que pagou 12,9 milhões de euros. Jogou em 67 partidas na Premier League, e marcou cinco gols com o clube de Liverpool.

Funes Mori viveu a melhor fase da carreira no Villarreal

Funes Mori, mostrou bom futebol nos clubes da liga mais difícil do mundo, e rendeu sua ida ao Villarreal, da Espanha. Mesmo que não tenha mostrado um grande futebol na Espanha, Funes Mori já demonstrou que tem potencial para jogar em alto nível no futebol do Brasil. O negócio depende da aprovação da direção rubro-negra, mas se depender do jogador um acordo não será difícil, pois ele tem interesse em jogar no Rubro-Negro.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo