Os maiores escândalos do futebol brasileiro

Relembre acontecimentos que despertaram o interesse das mídias e de toda a nação

Escândalos no futebol brasileiro marcam a geração desde o século passado. Na capa de grandes manchetes, alguns acontecimentos denegriram a imagem da CBF, em outros casos, o nome de grandes jogadores.

Sem dúvidas, você acompanhou diversos deles, mas pode ser que não se lembre. Pensando nisso, hoje nós trouxemos os 5 maiores escândalos do Futebol Brasileiro, confira!


Bônus até R$150 grátis
Clique aqui

Bônus até R$6.000 grátis
Clique aqui


Bônus até R$100 grátis
Clique aqui

1.   Doping no futebol

Em 1997, o jogador Anderson, que na época era volante do Internacional, serviu em seu café da manhã, um pãozinho com manteiga, recheado de sementes de papoula. Ingerir estes grãos provoca sinais de morfina no organismo.

No mesmo dia, Anderson realizou um teste antidoping, exigido antes dos jogos. Porém, os resultados foram catastróficos, alegando positivo para a presença de morfina em seu sangue, substância que não é permitida no futebol.

No próximo dia, seu nome já estava estampado em todos os jornais, com fortes acusações de doping no cenário esportivo. Mesmo que a droga não influencie em seu desempenho no campo, ainda sim contribui para aliviar possíveis dores no corpo.

Nos próximos meses, Anderson sofreu grandes perseguições, tanto pelos torcedores aliados, quanto dos adversários. O jogador se recusou a assumir o doping e pegar uma pena menor, já que não havia feito nada de errado, foi então que o inédito aconteceu.

Anderson ouviu falar sobre atletas que comeram pão com sementes de papoula e acabaram pegos no antidoping. Com isso, se lembrou do café da manhã com as pequenas sementinhas no meio do pão.

Após relatar o acontecido para a CBF, alguns testes foram realizados e a história foi comprovada. O comitê do futebol absolveu Anderson e ele pode ficar tranquilo novamente.

2.   Máfia do Apito

Em 2005, aconteceu o maior escândalo de manipulação de jogos do Brasil. Nos jogos do Brasileirão, os árbitros estavam encaminhando a vitória para os times que pagavam mais, resultando em uma bagunça na tabela.

Os juízes envolvidos no escândalo eram Edílson Pereira de Carvalho e Paulo José Danelon. Além do empresário Nagib Fayad, apontado como mentor do grupo de estelionatários, nomeado de Máfia do Apito.

O esquema foi revelado pela revista “Veja” em 23 de setembro de 2005, reta final do torneio. As suspeitas fizeram com que os 11 duelos apitados por Edilson fossem anulados, contribuindo diretamente com o Corinthians, que pode refazer os jogos em que havia sido derrotado.

As investigações apontaram que os juízes recebiam cerca de 10 mil reais para fraudar a partida. Edilson Pereira e Paulo Danelon não foram presos, porém excluídos do futebol para sempre.

3.   O caso do Goleiro Bruno

Um dos casos que mais chocou o país foi o assasinato de Eliza Samúdio em 2010, organizada a mando do ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes. O crime foi motivado por conta de uma gravidez indesejada e uma não concordancia no aborto da criança.

A grosso modo, Bruno não queria assumir a criança, muito menos pagar uma pensão.

Com o auxílio de seus comparsas, o ex-goleiro montou uma emboscada para Eliza e a levou desacordada até um sítio, em Minas Gerais. Lá alguns traficantes a mando de Bruno, esquartejaram a jovem e deram os restos mortais para cachorros da raça rottweiler.

Bruno foi indiciado a 22 anos de prisão. Hoje, ele ainda cumpre a pena, porém em regime semi-aberto.

4.   Ronaldo Fenômeno dá calote em travestis

Ronaldo Fenômeno, um dos maiores jogadores do Brasil e do mundo, também se envolveu em uma grande polêmica durante sua carreira. Em 2008, o jogador se envolveu com 3 travestis em um motel da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Após o início do programa, Ronaldo diz que se deu conta que as garotas eram travestis e não quis dar continuidade ao ato. Andréia Albertino, brava com a situação, teria extorquido o jogador em 50 mil reais, quantia que o mesmo se recusou a pagar.

Com essa situação, a travesti expôs o jogador para a mídia. Fato que repercutiu mal na imagem de Ronaldo Fenômeno pelo mundo inteiro.

5.   Neymar envolvido em suposto estupro

Em 2019, o jogador Neymar Jr foi acusado de estupro por Najila Trindade após o encontro dos dois em Paris, na França. A modelo aponta que o atleta teria batido nela e consumado o ato sexual sem camisinha, contra sua vontade.

Najila apresentou um vídeo com uma discussão entre os dois, dias após o acontecido, porém não foram encontradas evidências que comprometessem Neymar. A modelo ainda complementa que teria um tablet com maiores provas, mas que foi roubado em seu apartamento.

O inquérito de apuração optou por não indicar Neymar, porém ele também não foi absolvido. Ou seja, o caso pode ser aberto novamente no futuro.

Najila Trindade foi indiciada pela Polícia Civil pelos crimes de extorsão, denunciação caluniosa e fraude processual. Ultimamente, foi absolvida de todas as acusações.

Pois é, grandes escândalos marcam a história do futebol brasileiro, mas ainda sim esse cenário é palco de constantes confrontos e alegrias. Que tal se divertir palpitando em futebol? Conte com a KTO apostas online e eleve o nível dos confrontos.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo