Rafinha deve ser o primeiro reforço de peso do Bahia no Grupo City

Próximo de comprar a SAF do Bahia em breve, o Grupo City tem Rafinha, do Paris Saint-Germain como o primeiro reforço de peso planejado. O eminente novo dono do clube baiano vê o jogador do PSG como um reforço de impacto ideal para celebrar a parceria, os franceses por sua vez não deve dificultar o negócio e aceitam negociar o meio-campista em definitivo, por isso há otimismo entre as partes.

O Grupo City dirigido pelo sheik Mansour bin Zayed Al Nahyan acredita que conseguiria convencer Rafinha a assinar com o Tricolor Baiano, mesmo que o clube esteja atualmente na Série B do Brasileirão, mas está dentro da zona de classificação para a Serie A. Ou seja o clube está a caminho de volta á elite na próxima temporada de 2023.

A ideia seria oferecer salário de protagonista ao meio-campista do PSG para fazê-lo aceitar o projeto e ser um dos pilares do novo Bahia. O problema encontrado pelo Grupo City, é curto tempo para fechar a contratação, já que a janela de transferências internacional no Brasil fecha em 15 de agosto e por isso as partes teriam que agilizar o negócio.

As conversas com o Grupo City pela aquisição de 90% da SAF do Tricolor de Aço estão muito avançadas e pode ser finalizadas nos próximos dias, em valor aproximado de R$ 650 milhões. O Bahia, ao contrário de outros times do conglomerado, não teria de mudar muito sua identidade visual, como escudo, nome ou uniforme, algumas mudanças pequenas seriam realizadas, para a identificação com o novo dono do clube.

Rafinha Alcântara está na lista de negociáveis do PSG

Rafinha Alcântara tem 29 anos e está no PSG desde 2020, quando foi contratado vindo do Barcelona, clube onde o jogador brasileiro foi revelado. Na última temporada europeia, o meia estava emprestado à Real Sociedad, da Espanha, onde disputou 21 jogos e marcou um gol. Retornou ao Paris Saint-Gemain, mas não está nos planos da comissão técnica, a diretoria colocou o meio-campista no mercado, na lista de atletas negociáveis.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo