De saída do Liverpool, Mohamed Salah está acertado com o Barcelona

A relação histórica entre o Liverppol e Mohamed Salah parece realmente estar chegando ao fim e o destino do craque pode ser o Barcelona. Desde sua chegada, em 2017, Salah tem sido um dos jogadores mais importantes do futebol europeu e fez história com títulos na Inglaterra. Porém, o jogador está de olho em um grande aumento salarial, e os ingleses não estão sinalizando o desejo e a capacidade de chegar aos mesmos valores.

Salah quer rendimentos parecidos com o Kevin de Bruyne e outros craques da Europa. Por isso, seu estafe abriu negociações com outros clubes, e a imprensa espanhola afirma que o jogador já está apalavrado com o Barcelona, e deverá atuar na Espanha na próxima temporada. Ao que tudo indica o Barça fará uma proposta ao Liverpool em breve.

O contrato de Salah com o Liverpool vai até o final de 2023, mas o clube tem tido dificuldades em convencê-lo de uma permanência. Com um ano e meio de contrato, o valor para uma liberação vem diminuindo no mercado, e o clube inglês sabe que a renovação é difícil, por isso já aceita nos bastidores abrir negociações pelo craque egipicio.

A direção do clube inglês quer manter o jogador, mas não acredita em realizar loucuras financeiras para manter ninguém, nem o principal nome dos últimos anos. Então, caso a renovação trave, o clube venderá o jogador ao fim desta temporada, para conseguir recuperar um bom valor financeiro pelo craque. Com isso em mente, o Barcelona de Xavi Hernández já entrou em contato com o craque.

Segundo os espanhóis a negociação está bem adiantada

Salah e seu estafe sinalizaram positivamente para uma ida ao Barcelona, e falta agora registrar uma proposta que convença a direção do clube inglês. Pelo menos essa é a informação trazida pelo jornal AS, da Espanha, que afirma que o negócio está adiantado. A chegada de Salah seria fundamental para o que o Barcelona voltasse ao patamar de um dos melhores e mais competitivos clubes do mundo, posição perdida depois de sérios problemas financeiros.

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo