São Paulo monitora o meia-atacante Felipe Anderson, da Lazio

Atualmente em grande fase no futebol italiano, o meia-atacante Felipe Anderson entrou na pauta do São Paulo como possível reforço para a temporada. Embora esteja em boa fase na Itália, o seu contrato com a Lazio vai até julho de 2024 e uma saída não é descartada. O jogador é acompanhado de perto por um renomado treinador do futebol brasileiro, Rogério Ceni.

Felipe Anderson, da Lazio (Itália), com 29 anos, pode retornar ao futebol brasileiro após o fim da atual temporada europeia, em junho. Após várias temporadas na Europa, o jogador tem novamente seu nome especulado em um retorno ao Brasil, o interessado da vez é o São Paulo, a pedido de Rogério Ceni, que admira o futebol do meia-atacante.

Atualmente, Felipe Anderson tem 5 gols e 3 assistências na Serie A, defendendo a Lazio, que tem uma excelente temporada. Ele participou de todos os jogos possíveis pelo clube italiano na competição e tem um valor de mercado de 15 milhões de euros, o que dificulta sua possível volta ao futebol brasileiro, apesar do interesse de alguns clubes.

Rogério Ceni, treinador do Tricolor Paulista, é um admirador de Felipe Anderson e gostaria de vê-lo jogando pelo São Paulo no futuro. Quando era técnico do Flamengo, Ceni tentou contratar o jogador, que na época estava em um momento ruim no Porto, Portugal, mas não conseguiu acertar. De acordo com o jornalista Jorge Nicola, em seu canal do Youtube, Ceni ainda acompanha o jogador e deseja vê-lo jogando pelo São Paulo.

Felipe Anderson se firmou e é titular absoluto da Lazio

Além de sua fase goleadora atual, Felipe Anderson tem uma impressionante série de jogos com a camisa da Lazio. O meia-atacante atuou em 72 jogos consecutivos desde que retornou ao clube em 2021, após sua passagem pelo Porto. O jogador jogou em todas as 48 partidas do clube italiano na temporada 21/22 e até agora não ficou de fora de nenhum jogo na temporada atual, por isso uma saída seria dificultada pelos italianos.

 

 

Deixe seu comentário
Botão Voltar ao topo