Vasco demite Cristóvão Borges e tem Luxemburgo como favorito

0

Cristóvão Borges não resistiu a eliminação do Vasco na Copa do Brasil e foi demitido. O clube carioca informou a decisão na tarde desta sexta-feira através de seu site: “A direção do Club de Regatas Vasco da Gama comunica a saída do treinador Cristóvão Borges a partir desta sexta-feira”, diz o comunicado assinado pelo presidente Eurico Miranda.

O Vasco ainda não definiu o substituto de Cristóvão Borges, no entanto o nome mais cotado para assumir a equipe é o do experiente Vanderlei Luxemburgo, que é o favorito de Eurico Miranda. O treinador realizou seu último trabalho no Tianjin Quanjian, da China, mesmo time que Luís Fabiano defendeu recentemente e está livre no mercado.

Luxemburgo é visto como o profissional ideal impulsionar uma mudança no elenco, que para muitos internamente está sem vontade para um início de temporada. O ponto contra Luxa são algumas declarações polêmicas que ele deu em sua última passagem pelo rival Flamengo, quando falou sobre a suspeita relação que o presidente Eurico Miranda tem com a Ferj.

O fato de Luxemburgo ser um flamenguista declarado também incomoda boa parte da diretoria, apesar que no passado isso não foi problema na contratação de Zinho, que foi auxiliar de Jorginho. Outros nomes especulados que vem sendo especulados no clube carioca são o de Rogério Micale, campeão olímpico com a seleção brasileira, PC Gusmão e Ricardo Gomes.

Embora não tenha sido anunciado a demissão logo após a eliminação na Copa do Brasil para o Vitória, na última quinta-feita, a diretoria do Vasco já havia decidido pela saída de Cristóvão Borges. O treinador deixa o Cruz-Maltino após três meses de trabalho, muito contestado desde o início do Campeonato Carioca, com direito a vaias e protestos da torcida vascaína, no total em 14 jogos o técnico somou sete vitórias, dois empates e cinco derrotas.

Deixe seu comentário
SHARE