Além de Guedes, Atletico-MG também tenta o retorno de Jô

0

Além de Roger Guedes, o Atlético-MG também tem interesse no retorno de Jô, campeão da Copa Libertadores de 2013 pelo clube mineiro. O centroavante teria se animado com os primeiros contatos da diretoria alvinegra, assim como outros jogadores que estão no futebol asiático ele também cogita retornar ao Brasil devido ao surto de coronavírus.

Jorge Sampaoli deseja contar com um centroavante de qualidade técnica e vê Jô como bom nome. O experiente Ricardo Oliveira, que é opção no setor atualmente, não vive boa fase e pode ser negociado pela diretoria atleticana. O Nagoya Grampus, do Japão, pode exigir compensação financeira para liberar o camisa 9 e o Atlético-MG estaria disposto a isso.

Jô chegaria ao Galo para assumir a camisa 9 e ser o homem de referência no ataque. Essa possibilidade de contratação ganha força nos bastidores devido executivos do Banco BMG, patrocinador do clube, estariam dispostos a investir em reforços de impacto, tal ajuda que serviria para solucionar os pedidos do técnico Jorge Sampaoli para reforçar o elenco.

Um dos focos é reforçar o ataque, e o clube retomou conversas com o representante do atacante Róger Guedes. O jogador já teria dito á amigos que tem desejo de jogar mais uma vez com a camisa do clube mineiro e para isso aceitaria a redução considerável de seus salários. O Shandong Luneng por sua vez só aceita a venda em definitivo do atacante e pede algo em torno dos R$ 43 milhões por seus direitos econômicos.

A vontade de Róger Guedes pode ajudar o Galo nas negociações

Além do jogador estar ajudando, o representante dele também vem colaborando e tenta encontrar alguma forma para que haja um acordo do Atlético com os chineses. O objetivo das partes seria definir o futuro do atacante de 22 anos até o fim desse mês. Assim como Jô, Guedes seria um dos reforços de impacto desejados por Sampaoli, que pediu um time com capacidade para bater de frente com o Flamengo no Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário