Barcelona, Flamengo, Corinthians e Palmeiras monitoram o goleiro Ivan

0

Barcelona, Flamengo, Corinthians e Palmeiras estão de olho na contratação do goleiro Ivan, destaque da Ponte Preta e da seleção olímpica. A informação é do jornal espanhol Sport, que noticiou nesta sexta-feira que o Barça aparece como favorito a ficar com o jogador, mas há ainda o interesse de clubes do futebol italiano, no inicio do ano a Inter sondou o brasileiro.

Vários olheiros consideram Ivan como o melhor goleiro da sua geração, o Barcelona colocou a promessa da Ponte Preta como principal opção para substituir o também brasileiro Neto, que pode ser negociado na próxima janela de transferências. Com 23 anos, Ivan é visto com grande potencial futuro, e por enquanto uma ida para a Europa é a preferência do atleta.

O valor estipulado pela Ponte para negociar o goleiro, aproximadamente 5 milhões de euros, é considerado bastante acessível pelo Barcelona. A Macaca só tem interesse na venda do goleiro, e isso dificulta investida de brasileiros interessados como Flamengo, Corinthians e Palmeiras. O contrato do jovem arqueiro com o clube de Campinas vai até abril de 2023.

Ainda de acordo com o jornal espanhol representantes do Barça mantém conversas com o staff do goleiro, já informaram que o interesse passou de sondagem, o clube espanhol teria sido informado que recentemente o Milan fez contato. Sendo visto como um especialista em pênalti e rápido com reflexos, Ivan agrada a comissão técnica do Barcelona, e no momento não há outros nomes sendo avaliados, o brasileiro é o principal alvo.

O goleiro Ivan está em processo para obter a cidadania europeia

Para se transferir para o Barcelona, o jovem goleiro tem que ter a ciência de que chegaria de imediato para ser o reserva de Marc-André Ter Stegen, mas isso vai depender da venda de Neto, que está na mira do Arsenal, da Inglaterra. O arqueiro também precisa ter sucesso no processo de ter a cidadania europeia, o que não deve ser problema. Caso não vá para a Espanha, o destino pode ser a Itália, ficar no futebol brasileiro aparece como terceira opção.

Deixe seu comentário