City lidera disputa por Haaland, mas craque quer ouvir o Real Madrid

0

Bastante cobiçado, o norueguês Erling Haaland tem o Manchester City como clube a frente na negociação, mas quer ouvir o Real Madrid. A disputa no mercado da bola europeu tem um grande motivo, são os números impressionantes do jovem craque, principalmente na Liga dos Campeões, pelo Borussia Dortmund, e uma transferência pode ocorrer em breve.

O jornal alemão Bild noticiou que o Manchester City é o clube na frente nesta disputa, mas o Real Madrid também é um destino cogitado por Erling Haaland. Do clube inglês pesa a favor o fato de jogar sob o comando do renomado técnico Pep Guardiola e ser titular, além da atual capacidade para pagar o alto salário desejado pelo jovem craque norueguês.

Haaland chegaria ao Manchester City para suprir a saída do ídolo Kun Agüero, que está em seus últimos meses de contrato, e não deve renovar. O atacante do Borussia Dortmund, é desejo do clube inglês para ser a nova referência no ataque, onde o jogador poderia ser titular absoluto e atuar na competitiva Premier League, e disputar o título da Champions.

Apesar do Manchester City estar á frente na negociação, o Real Madrid também aparece como forte concorrente, e o jogador está balançado entre os dois clubes. Haaland tem a ciência do interesse dos espanhóis, e o craque também vê com bons olhos atuar pelo clube merengue. Apesar de seduzido pela proposta do City, o norueguês quer ouvir o Real antes de uma decisão, o certo é que uma definição pode sair nas próximas semanas.

Manchester United e Chelsea também estão na disputa pelo artilheiro

Existe ainda mais dois grandes clubes na disputa pelo jovem craque, o Manchester United e o Chelsea, mas que tem certa desvantagem devido Haaland dar preferência ao City e ao Real Madrid. No entanto, o United tem boas chances, visto que tem um interesse antigo em Haaland, além do fato de já ter sinalizado que pode pagar á pedida do Borussia Dortmund, a transferência do norueguês promete bater recordes em valores e ser a maior da história.

 

Deixe seu comentário