Destaque do Atlético Nacional, Miguel Borja está na mira do Palmeiras

Após contratar o zagueiro Yerry Minano na metade do ano, Palmeiras mira outro colombiano para reforçar seu elenco para a próxima temporada, trata-se do atacante Miguel Ángel Borja, companheiro de time do meia venezuelano Alejandro Guerra, outro alvo da diretoria, do Atlético Nacional, clube campeão da Copa Libertadores.

Borja tem 23 anos e vem se destacando nesta temporada no Campeonato Colombiano e, logo após ser contratado pelo Atlético Nacional, estreou sendo carrasco e eliminando o São Paulo na semifinal da Copa Libertadores. Foram dois gols na partida de ida e mais dois gols no jogo de volta, após isso vem fazendo gols importantes pelo clube colombiano.

Na reta final do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras lidera com cinco pontos de vantagem para o segundo colocado que é o Flamengo, a diretoria tem tentado manter em sigilo o planejamento para a próxima temporada. No entanto apesar disso, com frequência tem vazado o interesse por alguns nomes e surgido várias especulações sobre reforços para 2017.

Até o momento o Palmeiras já acertou com Raphael Veiga (meia de 21 anos, do Coritiba) e Keno (atacante de 27 anos, do Santa Cruz), o Verdão estuda ainda a possibilidade da contratação de Alejandro Guerra, meia de 31 anos que faz companhia a Borja no Atlético Nacional, no entanto nesse caso tem a concorrência do Santos que já vem conversando com os agentes do jogador há algum tempo.

O discurso no Palmeiras é que se não comenta especulações sobre reforços, os relatos nos bastidores são de que o Verdão teria entrado efetivamente na disputa pelo jogador, que foi oferecido ao Santos por meio de outro empresário. Já no caso de Borja o clube paulista deve correr porque oque se espera é que com o fim da temporada chegando, como em janeiro abre a janela de transferências e clubes europeus podem se interessar pelo atacante.

Foto: AP/ Fernando Vergara

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo