Sem acordo com Palmeiras, Empereur é oferecido a Bahia e São Paulo

0

Após o Palmeiras não conseguir um acordo, Alan Empereur foi oferecido para outras equipes, os contatos teria sido com Bahia e São Paulo. Apesar do pedido de Abel Ferreira pela permanência do zagueiro, o Palmeiras não conseguiu chegar a um acordo pela compra ou renovação do empréstimo junto ao Hellas Verona, da Itália, e o negócio foi descartado.

Alan Empereur inclusive, já se despediu do Palmeiras, e ainda não definiu onde vai jogar, um retorno ao futebol italiano é improvável. A tendência é que o zagueiro siga atuando no Brasil e já foi oferecido pelos seus representantes para São Paulo e o Bahia, outros clubes da Serie A também devem ser contatados, pois o atleta deseja continuar atuando no país.

No caso do São Paulo, o clube avalia a possibilidade de contratar Empereur, mas entende de inicio que o custo da compra do zagueiro pode dificultar, já as características do jogador se encaixam no reforço que Hernan Crespo deseja para a zaga. O Tricolor paulista também cogita tentar um empréstimo com opção de compra fixada, para convencer os italianos.

Pelo lado do Bahia, a diretoria não descarta o nome, visto que pode perder Germán Conti para o Internacional, e tem negociações avançadas com Ligger, do Red Bull Bragantino. O contrato de Alan Empereur com o Palmeiras vai até 30 de junho, assim a partir de 1º de julho ele pode defender um novo clube. Vale lembrar que o jogador não atuou pelo Verdão na Copa do Brasil, ou seja, pode jogar por outro time na competição.

Alan Empereur teve um bom desempenho com a camisa do Palmeiras

Com a camisa do Palmeiras, Alan Empereur disputou 27 partidas e não marcou gols, ele foi peça importante no elenco que conquistou a Copa Libertadores e da Copa do Brasil, apesar de ter alternado entra a titularidade e reserva, estava nos planos do técnico Abel Ferreira para a temporada. Sem planos de voltar a jogar pelo Hellas Verona, o jogador juntamente com seus representantes busca um novo clube, e a preferência é ficar no futebol brasileiro.

Deixe seu comentário