Flamengo tem conversas adiantadas com Marchisio, ex-Juventus

0

O novo alvo do Flamengo é o italiano Claudio Marchisio, ex-Juventus e Zenit, que está livre no mercado e pode chegar mesmo a janela fechada. Depois de negociar Gustavo Cuéllar com o Al Hilal, da Arábia Saudita, o Rubro-Negro busca uma reposição e tem negociações com o experiente jogador segundo informações do jornalista italiano Nicolò Schira.

Nicoló Schira trabalha no renomado jornal La Gazzetta dello Sport e afirmou que as partes tem conversas adiantadas. A contratação do meio-campista, que foi titular da seleção da Itália na Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, seria uma reposição para a saída de Cuéllar, que tinha status de titular e deixou o Rubro-Negro carioca na semana passada.

Atualmente para a posição de volante, o Fla conta com Willian Arão, Gerson (que também costuma atuar mais avançado), Piris da Motta e Hugo Moura. Depois da vitória no último domingo sobre o Palmeiras por 3 a 0 pelo Brasileirão, o vice de futebol do clube carioca, Marcos Braz, foi questionado e confirmou que pode chegar uma reposição para Cuéllar.

O dirigente rubro-negro disse que sempre está em busca de qualificar o elenco. Marchisio tem boa experiência e por isso chama a atenção do Flamengo, o italiano fez história com a camisa da Juventus, onde foi ídolo, por lá conquistou 14 títulos, sendo sete Campeonatos Italianos. Na temporada europeia passada acertou com o Zenit por uma temporada, onde pouco atuou e acabou optando por não renovar o contrato.

Livre no mercado, Claudio Marchisio seria uma boa opção para o Flamengo

Como está sem contrato, Claudio Marchisio poderia acertar com o Flamengo mesmo com a janela de transferências fechada para o Brasil, o técnico Jorge Jesus teria dado aval para a diretoria prosseguir com as negociações, o nome é visto como boa opção. Vale lembrar que o clube da Gávea já conta em seu elenco com o zagueiro espanhol Pablo Marí, com isso caso realmente feche com o volante italiano, ele seria o segundo europeu na equipe.

 

Deixe seu comentário