Fluminense negocia com Jonatan Álvez, do Barcelona de Guayaquil

0

O Fluminense abriu negociações com o atacante Jonatan Álvez, do Barcelona de Guayaquil, do Equador, que é alvo para a sequencia da temporada. O centroavante uruguaio trabalhou com o técnico Odair Hellmann no Internacional entre 2018 e 2019, e o nome agrada, a boa fase do jogador é um atrativo, segundo á imprensa equatoriana há chances de negócio.

Jonatan Álvez está com 33 anos e já vem sendo analisado há algumas semanas pelo Flu, o atacante teria se animado com a possibilidade de uma segunda passagem no Brasil. Apesar de não ser a única opção monitorada, o atacante uruguaio tem o perfil procurado e aliás não seria difícil tirá-lo do Barcelona de Guayaquil, onde ele é destaque e artilheiro.

A diretoria do Fluminense também analisa outras opções no mercado sul-americano, como o panamenho Gabriel Torres, de 31 anos, destaque Independiente Del Valle, e que pertence a Universidad de Chile, mas seria uma contratação mais cara. Odair Hellmann e o restante de sua comissão técnica é quem decidirá qual sobre qual dos jogadores será o plano A.

A ideia do Tricolor carioca é acertar com mais um nome para o ataque a partir da próxima terça-feira, quando se reabre a janela de transferências internacional no Brasil. Atualmente para a posição de centroavante o Fluminense conta com Fred e Felippe Cardoso, além do recém-contratado Lucca, que pode fazer a função, mas foi contratado para atuar aberto pelas pontas, a preferência é trazer um camisa 9 com experiência e faro de gol.

Odair e Jonatan Álvez tem boa relação desde os tempos de Inter

Jonatan Álvez tem boa relação com o técnico Odair Hellmann, os dois trabalharam juntos no Inter antes do atacante ao Barcelona de Guayaquil, o atacante acabou sendo reserva e disputou 22 partidas com cinco gols marcados. Apesar de não ter tido grande destaque no Colorado, a diretoria do Fluminense acredita que o fato do jogador já ter jogado no Brasil seja algo favorável, pois não precisaria de um longo tempo para se adaptar novamente.

Deixe seu comentário