Ex-Arsenal e City, meia francês Samir Nasri é indicado ao Vasco

0

O nome do francês Samir Nasri vem ganhando força nos bastidores do Vasco e o meia pode ser reforço para a continuidade da temporada. O jogador foi oferecido ao clube de São Januário através do seu empresário, e o nome teria agradado a diretoria, livre no mercado o Cruz-Maltino teria que acertar apenas salários com o meio-campista, o que torna viável.

Samir Nasri está livre no mercado após deixar o Anderlecht, da Bélgica. Inicialmente o que se sabe é que o meia de 33 anos teria ficado animado com a chance de jogar no Brasil e morar no Rio de Janeiro, e isso vem o aproximando do Vasco, a diretoria mantém cautela e consultou valores para o negócio, e vê a situação como uma oportunidade de mercado.

Desde que as notícias surgiram, as redes sociais de Nasri receberam várias mensagens de torcedores vascaínos pedindo sua vinda para São Januário. Conforme apurado o interesse é real e isso acendeu as esperanças da torcida, o Vasco da Gama pode ter em seu elenco um reforço internacional, com boa experiência e que pode ajudar bastante o time em campo.

A janela de transferências se encerra nos próximo dia 10 não é problema, visto que como o meia francês está livre no mercado, ou seja Samir Nasri pode ser inscrito fora da janela. O meio-campista tem o desejo de uma experiência no futebol brasileiro, o Vasco mesmo com dificuldades financeiras pode abrir uma brecha em seu orçamento por um novo reforço com renome internacional, ainda mais para um setor carente no elenco.

Nasri teve seu auge com as camisa de Arsenal e Manchester City

Revelado pelo Olympique de Marseille, da França, Samir Nasri viveu seu auge ao defender o Arsenal entre 2008 e 2011, depois se transferiu para o Manchester City, onde ficou entre 2011 e 2016, também com destaque. Na sequencia o meia defendeu Sevilla, da Espanha,
Antalyaspor, da Turquia, West Ham, da Inglaterra e Anderlecht, da Bélgica. O atleta ainda acumula convocações para a Seleção da França em duas edições da Eurocopa.

Deixe seu comentário