Atualmente na China, Henrique Dourado negocia com o Cruzeiro

0

Atualmente no Henan Jianye, da China, o atacante Henrique Dourado, o Ceifador, está na mira do Cruzeiro para a continuidade da temporada. O novo presidente do Cruzeiro, Sérgio Rodrigues, eleito recentemente inicia sua busca por reforços, a Raposa deseja ter reforços para as duas laterais, um atacante de ponta e um centroavante, como prioridades hoje.

Um dos nomes monitorados é Henrique Dourado, considerado um bom nome tanto pela comissão técnico como departamento de futebol, do clube mineiro. Os representantes do centroavante já receberam os primeiros contatos, para saber da possibilidade e possíveis valores salariais, caso haja sinal positivo o Cruzeiro poderia fazer uma proposta oficial

A negociação não é simples, pois o Ceifador está atuando na China, em um mercado que é bem valorizado, além disso o Cruzeiro convive com problemas financeiros e precisaria de imediato procurar soluções para isso, e após isso fechar com reforços. Henrique Dourado já passou pela Raposa em 2015, em uma passagem rápida de 11 jogos e um gol marcado.

O Cruzeiro monitora o mercado e também não planeja fechar contratações, enquanto não tiver uma previsão concreta de quando as competições vão retornar. O curioso, é que o clube mineiro já tem Marcelo Moreno no elenco, principal reforço da atual temporada e foi contratado justamente para jogar na mesma posição de Henrique Dourado, para explicar a situação poderia estar nos planos de Ederson Moreira escalar o time com os dois.

O Cruzeiro tem alguns reforços engatilhados no mercado da bola

De acordo com informações dos bastidores da Raposa, estão engatilhadas as contratações de um lateral-direito, um esquerdo e um atacante, cujos nomes não foram revelados. Os negócios encaminhados foram realizados pelo gestor do futebol, Carlos Ferreira, e o diretor de futebol, Ricardo Drubscky, apenas último vai continuar nova diretoria. Até o momento para a sequencia da temporada o único reforço que chegou recentemente foi meia Régis.

Deixe seu comentário