Em busca de novo clube, Hulk tem preferência por Porto e Palmeiras

0

De saída do Shanghai SIPG, da China o atacante Hulk já definiu que dará preferência a dois clubes, o Palmeiras e o Porto, de Portugal. Apesar de ter recebido contatos com propostas financeiramente mais vantajosas do futebol dos Estados Unidos e da Rússia, o jogador está decidido a voltar ao futebol brasileiro ou português a partir da próxima temporada.

Dono de um dos maiores salários de jogadores do mundo, o atacante está disposto a abrir mão de muito dinheiro para deixar o futebol chinês. Em busca de novos ares, junto com os seus representantes Hulk analisa as possibilidade, mas está decidido de que no momento a questão financeira não será prioridade, e sim defender um clube onde esteja feliz.

Hulk está com 34 anos e entrou nos últimos dias na mira de Inter Miami, dos EUA, e Zenit, da Rússia, esse último foi o clube que defendeu antes de ir para a China. O jogador já disse a pessoas próximas, que gostaria de voltar a morar em São Paulo ou em Portugal, e tem a preferência por Palmeiras, time pelo qual é torcedor, e Porto, onde foi ídolo no passado.

O jogador também passou a mesma paixão para os filhos de ser palmeirense, e isso pode vir a ter peso na decisão de seu novo clube. Outro fato a favor do Palmeiras é também a grande amizade com o coordenador das categorias de base, João Paulo Sampaio. Mas o fato do Porto também ter interesse balança o atacante, por lá o atacante atuou de 2008 a 2012, marcando 78 gols em 170 partidas e virando um dos ídolos recentes do clube.

A contratação de Hulk é um desejo de Leila Pereira e da Crefisa

Nos bastidores do Verdão, a possível contratação do camisa 10 e capitão do Shanghai SIPG é seria um trunfo para fortalecer a futura candidatura de Leila Pereira, dona da Crefisa, à presidência do clube, que será candidata em 2021 e desponta como favorita. Se sabe que a ideia dos dirigentes alviverdes seria oferecer até 4 milhões de euros, algo em torno dos R$ 25 milhões por temporada ao atacante, ou seja salários de R$ 2,1 milhões por mês.

Deixe seu comentário