Internacional entra na briga pelo lateral Marcinho, do Botafogo

0

O Internacional retomou os contatos com o Botafogo para contratar o lateral Marcinho, e entrou na disputa pela contratação do jogador. O defensor de 24 anos está em alta no mercado, no ano passado foi convocado para seleção brasileira e foi um dos destaques do futebol brasileiro na última temporada, e está em fim de contrato com o clube carioca.

Marcinho tem contrato com o Botafogo até o final do ano, assim seu valor de mercado teve uma grande redução, e a diretoria do Inter está de olho na situação. Na última segunda-feira foi noticiada informação de que o jogador estava próximo do Corinthians, que acabou recuando do negócio devido as dificuldades financeiras que vem enfrentando atualmente.

Com o Corinthians paralisando as negociações por enquanto, a direção colorada aproveita a situação para tentar um acordo com o Botafogo. O clube gaúcho é um antigo interessado no lateral, no ano passado chegou próximo de acertar a compra do passe do jogador, mas tentou colocar jogadores na negociação para diminuir a pedida e o negócio não avançou.

Marcinho já avisou ao Botafogo que não deve renovar seu contrato que se encerra no final deste ano e que deseja novos ares. O técnico do clube carioca, Paulo Autuori, afirmou em que entrevista que jogador realmente está de saída, sem comentar o possível destino. Com um contrato curto, o Glorioso vê na negociação agora do jogador a última possibilidade de lucrar, e deve aceitar uma proposta, o Internacional está na páreo.

O lateral-direito foi destaque nas últimas temporadas pelo Bota

Destaque do Botafogo nos últimos anos, o lateral-direito foi chamado pelo técnico Tite para a Seleção Brasileira, mas não chegou a entrar em campo pela amarelinha. Marcinho, está atualmente em final de recuperação de um cirurgia, mas é visto como um dos melhores da posição no futebol brasileiro. Para o setor do Inter conta atualmente com Rodinei e com o argentino Renzo Saravia, mas vê o jogador do Bota chegando e assumindo a titularidade.

Deixe seu comentário