Indefinição no Corinthians faz Jemerson negociar com o Atlético-MG

0

Com situação indefinida no Corinthians, o zagueiro Jemerson deve negociar um retorno ao Atlético-MG, que tem interesse em sua contratação. A chance de acerto foi confirmada pelo próprio presidente atleticano Sérgio Coelho, em entrevista recente, titular absoluto ao lado de Gil no Timão, o defensor pode não ter a renovação devido gatilhos salariais no contrato.

Formado na base e revelado pelo Atlético, Jemerson, de 28 anos, tem contrato até junho com o Corinthians, atualmente já pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe, sem custos de transferência. A diretoria do Galo já fez sondagens e demonstrou interesse na possível contratação, mas vai depender do aval da comissão técnica para a negociação.

No Corinthians é analisado que é preciso reduzir a folha salarial atual, nos bastidores se acredita que o uruguaio Bruno Méndez poderá ser o titular ao lado de Gil na temporada, já que o zagueiro de 21 anos vem de seguras atuações em 2021. Com a situação, Jemerson deve começar a ouvir propostas, mas deve no momento dar prioridade ao Atlético-MG.

Jemerson disputou 100 partidas pela equipe profissional do Atlético Mineiro, com oito gols marcados e quatro títulos conquistados pelo clube, a Copa Libertadores de 2013, a Recopa Sul-Americana e Copa do Brasil em 2014, e o Campeonato Mineiro de 2015. No início de 2016, o jogador foi negociado com o Monaco, da França, após um boa proposta de cerca de 11 milhões de euros, algo em torno dos R$ 48 milhões na cotação da época.

Jemerson ficou no Monaco até 2020, quando foi para o Corinthians

No clube francês o zagueiro oscilou, alternando entre a titularidade e reserva até 2020, quando acertou com o Corinthians, onde desde que chegou tem bons números. No clube paulista o que se comenta é que apesar do bom desempenho, os altos custos salariais de Jemerson dificultam a permanência, outro fato é o fato que de que Bruno Méndez é visto como jogador pronto para ser titular, e o desejo de dar oportunidades á jovens da base.

Deixe seu comentário