Sampaoli indica Valdivia como reforço para o Santos para 2020

0

Com uma grande história no Palmeiras, o meia Jorge Valdivia pode reforçar o rival Santos para a temporada 2020 a pedido de Sampaoli. O técnico argentino teria pedido a diretoria do Peixe a contratação do jogador, que conforme apurado pode ser o primeiro reforço do clube para a próxima temporada, o estilo do ‘Mago’ agrada a comissão técnica santista.

De acordo com informações do jornal o chileno La Cuarta, o técnico Jorge Sampaoli pediu Valdivia como um dos reforços para implementar um novo estilo de jogo no Santos no ano que vem. Com isso a torcida do Palmeiras pode ver o meia que já foi ídolo vestir a camisa de um rival, o negócio para o Peixe não seria difícil e existe otimismo entre as partes.

Jorge Sampaoli deseja impor um estilo ‘mais chileno’ ao clube da Vila Belmiro e quer que o time gire em torno de meias de armação. O jogador deixará o Colo Colo no final do ano e ficará livre no mercado, se tornando uma opção gratuita ao Santos, que vive com vários problemas financeiros e para 2020 não poderá fazer grandes investimentos em jogadores.

Ainda de acordo com a publicação do diário chileno o salário do meia de 36 anos no Colo Colo não é alto e pode ser pago com facilidade por clubes do Brasil. Valdivia disse que não deve renovar com a atual equipe para a próxima temporada em entrevista recente, algo que pode facilitar a chegada do ‘Mago’ é o alívio na folha salarial com as eminentes saídas de Cueva e Brian Ruíz, que recebem altos vencimentos no atual elenco.

Sampaoli tem boa relação com Valdivia e isso pode ajudar o Santos

O técnico Jorge Sampaoli e Valdivia trabalharam juntos na seleção chilena entre 2012 e 2015, tendo conquista o título da Copa América, com a equipe mostrando um bom futebol. Os dois tem relação amistosa e isso pode ajudar nas negociações para uma possível ida para a Vila Belmiro. Um retorno ao futebol brasileiro seria de agrado do craque, que não pensa ainda em aposentadoria e se vê atuando por algumas temporadas.

Deixe seu comentário