Marcinho está próximo de trocar o Botafogo pelo Corinthians

0

A passagem de Marcinho pelo Botafogo está próxima do fim e o destino do lateral-direito deve ser o Corinthians ao que tudo indica. O Timão avançou na negociação para contratar o jogador e está perto de um acordo com o clube carioca, que deve vender parte dos direitos econômicos do atleta e ficar com uma porcentagem pensando em venda futura.

O dirigente Ricardo Rotenberg, membro do Comitê de Futebol do Botafogo, é o responsável pelas conversas com a diretoria do Corinthians. No fim de abril, a diretoria do Glorioso já havia confirmado o interesse do clube do Parque São Jorge em Marcinho, na época o time carioca ainda acreditava na renovação, mas acabou aceitando negociar com o Timão.

Marcinho, de 24 anos, foi revelado nas categorias de base do Botafogo e subiu á equipe profissional em 2016. No ano passado fez uma temporada de destaque, chamou a atenção de Tite e foi convocado para a Seleção Brasileira. Com contrato apenas até dezembro desse ano, a partir de julho, o jogador já poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

O fato do contrato estar chegando ao fim e sem renovação, o Botafogo acabou cedendo e aceitando conversar com o Corinthians. Na atual temporada, o lateral-direito não entrou em campo, pois sofreu uma grave lesão em janeiro e precisou realizar uma cirurgia em seu joelho, com o prazo de recuperação estipulado em seis meses, ou seja a partir do próximo mês já poderá voltar a treinar com bola e isso anima o Corinthians.

A diretoria do Botafogo teme ver Marcinho ir para o Flamengo

Um dos motivos que ‘forçou’ a diretoria do Botafogo a conversar com o Corinthians, foi as especulações de que o rival Flamengo estava de olho no lateral de 24 anos, o interesse é de antes da pandemia do novo coronavírus. A diretoria do Fla procura um lateral-direito  desde que Rodinei foi para o Inter. Diante desse cenário, o Glorioso preferiu negociar com o Timão a transferência, do que correr o risco de ver o Marcinho ir para um clube rival.

Deixe seu comentário