Cruzeiro entra na briga pela contratação de Marcos Guilherme

0

O Cruzeiro entrou na briga pela contratação do meia-atacante Marcos Guilherme, o clube já entrou em contato com o estafe do jogador e com o Atlético-PR. O contrato do atleta com o São Paulo por empréstimo se encerra no final de junho, o Furacão não entrou em acordo com o Tricolor paulista, que após duas propostas negadas desistiu de vez da negociação.

Em sua primeira proposta o São Paulo fez uma oferta de cerca de R$ 8,6 milhões por 50% dos direitos do atacante, de forma parcelada, mas que recusada pelos paranaenses. Vale destacar que Atlético-MG, Corinthians, Flamengo e Amiens, da França, também estariam interessados no jogador, com o interesse do Cruzeiro a disputa deve se acirrar ainda mais.

Após propor o acordo com valor abaixo da multa rescisória, a diretoria do São Paulo ainda chegou a fazer uma segunda proposta em que envolvia o meia Shaylon por empréstimo até o final desse ano. A oferta seria para prorrogar o empréstimo de Marcos Guilherme, mas de cara o Atlético-PR recusou, com isso o clube paranaense esfriou de vez as negociações.

Marcos Guilherme se mostra irritado com a situação de indefinição, o São Paulo entende a posição do jogador e concorda que houve uma queda técnica do camisa 23 por causa dessa situação. Mas sem condições de pagar os R$ 15 milhões pedidos pelo Atlético-PR, o Tricolor paulista nos bastidores já se conforma com a saída do atacante. Apesar de fazer jogo duro, os paranaenses não pretendem utilizar o atleta e priorizam negociá-lo.

A ideia do Atlético-PR é encontrar o melhor negócio possível pelo jogador, com o interesse do Cruzeiro os paranaenses devem ouvir várias propostas nos próximos dias. O atacante chegou ao São Paulo em julho de 2017 por empréstimo, após uma passagem pelo Dínamo Zagreb, da Croácia. Na época o Tricolor anunciou a contratação até o final desse ano, mas omitiu a informação de que o contrato se encerrara na verdade em 30 de junho.

Deixe seu comentário