Miranda surpreende o São Paulo e tem preferência pelo Coritiba

0

De saída do futebol chinês, o zagueiro Miranda vai deixar o coração falar mais alto no seu retorno ao Brasil e a preferência será o Coritiba. Mesmo com uma enorme identificação com o São Paulo, clube onde se destacou no país, o desejo do defensor é voltar a jogar pelo Coxa, clube que o revelou para o futebol, e o qual é torcedor junto com seus filhos.

Em uma entrevista recente Miranda revelou que já até rejeitou uma proposta de renovação no Jiangsu Suning, e que está decido a voltar ao futebol brasileiro. Apesar de não descartar que poderia retornar ao São Paulo, o zagueiro hoje com 36 anos surpreendeu e afirmou que o Coritiba é sua preferência, pois é o clube que torce e que deseja encerrar a carreira.

O jogador quer que o seu retorno para ao clube que o revelou seja parte de um projeto de poder ajudar o Coritiba a se reposicionar no cenário nacional. O Coxa está na Série A e luta contra para permanecer na elite do futebol brasileiro. A volta de Miranda pode acontecer na da abertura da janela de transferência, no mês de março de 2021, ao que tudo indica.

A decisão de uma proposta pelo zagueiro estará nas mãos da nova administração do Coxa, que será definida no próximo mês, com a eleição da nova diretoria. Miranda revelou que assiste aos jogos do clube paranaense sempre que pode, e que os filhos também tem um grande carinho pela equipe, e isso de acordo com o próprio jogador isso pode ser decisivo na escolha por seu novo clube clube quando retornar ao futebol brasileiro.

O zagueiro quer atuar por mais alguns anos em alto nível

Miranda foi multicampeão pelo São Paulo e teve grandes passagens pelo Atlético de Madrid e Inter de Milão, além de ter sido titular da Seleção Brasileira por um longo período, e já pensa em sua aposentadoria, que deve ser no Coxa. Aos 36 anos, o jogador ainda pensa em atuar por pelo menos mais duas temporadas, a aposentadoria de acordo com o atleta vai chegar quando não conseguir mais atuar em alto nível, e pode demorar ainda.

Deixe seu comentário