O meia Wagner está na mira de Atlético-MG e Cruzeiro para 2017

0

O Campeonato Brasileiro ainda não acabou, no entanto alguns clubes já começaram o planejamento para a próxima temporada antes de o mercado da bola ficar mais acirrado. Nesse contexto, os rivais Atlético-MG e Cruzeiro prometem travar uma disputa fora de campo para a contratação do meia Wagner, que estava no futebol chinês.

O pai de Wagner revelou recentemente que o filho conversou com Atlético-MG e Cruzeiro nos últimos dias, fora outras opções no próprio Brasil. O meia tem vínculo com o Tianjin Teda, da China, até junho de 2017. No entanto por conta do excesso de estrangeiros em seu elenco, o clube chinês não tem aproveitado o jogador e não será difícil a liberação.

No futebol chinês, o regulamento prevê que cinco atletas de outras nacionalidades podem ser inscritos nas competições, desde que um deles seja vinculado a algum país da Asia. Apenas três estrangeiros, mais esse jogador em condição especial, podem ser relacionados para as partidas, nesse contexto Wagner não vem sendo utilizado pelo Tianjin Teda.

Perguntado sobre a possibilidade do filho retornar ao Cruzeiro ou vestir a camisa do Galo pela primeira vez, o pai do meia deu pistas de que as negociações podem estar mais adiantadas com o Galo. Wagner chegou nessa quinta-feira a cidade de Morava Nova, interior de Minas Gerais, e tem previsão de viajar para Belo Horizonte neste sábado, a expectativa é que as negociações avancem.

Questionada sobre a possibilidade de contratar o meia, a diretoria do Cruzeiro disse que só vai falar sobre novas contratações a partir do dia 5 de dezembro, depois que o Campeonato Brasileiro terminar. Pelo lado do Atlético-MG, a diretoria de comunicação do Galo disse que não comenta especulação, no entanto nos bastidores existe um otimismo sobre a contratação de Wagner, no entanto só deve ser anunciado o acerto após o termino do Brasileirão.

Foto: Getty Images

Deixe seu comentário