Palmeiras tem interesse no meia argentino Palavecino, do Deportivo Cali

0

O Palmeiras está de olho da contratação do meia-atacante Agustín Palavecino, do Deportivo Cali, da Colômbia, para essa temporada 2021. O Verdão deve buscar um novo camisa 10 já na próxima janela de transferências internacionais, e o argentino de 24 anos é um dos nomes analisados, com um custo de contratação viável a negociação pode iniciar em breve.

Agustín Palavecino tem contrato com o Deportivo Cali até o final do ano, como junho está apto a assinar pré-contrato de graça com outros clube, os colombianos devem topar sua negociação agora no inicio do ano, para não correr risco da saída sem custos. De acordo com o site transfermakt o passe do jogador está avaliado em cerca de R$ 8,2 milhões.

O meia-atacante de 24 anos é versátil e pode atuar em várias posições do meio-campo para o ataque, e isso chama a atenção da diretoria do Palmeiras e do técnico Abel Ferreira, que deve dar o aval para uma investida. Palavecino tem 73 vezes jogos pelo Deportivo Cáli e 13 gols marcados, e ainda 12 assistências, atuando como um clássico camisa 10.

Nos últimos dias, ao ser informado de uma sondagem do Palmeiras, Agustín Palavecino teria se animado e disse ao seu empresário que tem o desejo de jogar no Brasil. O Verdão fechou 2020 com desempenho em campo muito bom, mesmo assim deve reforçar o seu elenco para esse ano, finalista da Copa do Brasil e na semifinal da Copa Libertadores, o clube paulista foca ao mesmo no planejamento da disputa da próxima temporada.

A diretoria do Palmeiras analisa reforço para essa próxima temporada

O diretor Anderson Barros trabalha em silêncio no mercado, e conversa com Abel Ferreira sobre reforços. Vários nomes são analisados pela diretoria alviverde, como Hulk, que está livre no mercado, já admitiu que gostaria de defender o Verdão, mas os altos salários ainda são empecilho, outro grande nome especulado no clube é o de Diego Costa, atacante que deixou o Atlético de Madrid, e também é torcedor palmeirense, mas não há negociações.

Deixe seu comentário