Santos volta a negociar com o meia colombiano Andrés Ricaurte

0

O Santos retomou as negociações em busca da contratação do meia Andrés Ricaurte, destaque Independiente Medellín, da Colômbia. O atleta é um alvo antigo do clube da Vila Belmiro e pode ser reforço para o segundo semestre, recentemente, o jogador disse em uma entrevista que sabe do interesse seria uma honra atuar em uma equipe como o Peixe.

O nome de Andrés Ricaurte agrada internamente ao presidente Jose Carlos Peres e de boa parte de diretoria santista. O fato do meia já ter revelado que gostaria vestir a camisa do clube, é algo que anima os dirigentes, o jogador estaria animado com a possibilidade de jogar no futebol brasileiro, e isso pode ajudar bastante nas negociações em andamento.

De acordo com o Transfermarkt, Andrés Ricaurte está avaliado em 2 milhões de euros, algo em torno dos R$ 12 milhões, na cotação atual, mas a transferência pode sair por um valor mais abaixo disso, e isso anima o Santos. No momento os contatos são iniciais, a diretoria tem focado em resolver a situação com a Fifa para ser liberado a inscrever novos reforços.

Nos bastidores, o técnico Jesualdo Ferreira tem se disponibilizado a ajudar os dirigentes em eventuais negociações e planejamento por reforços. O treinador português vem pedindo mais agilidade por parte da diretoria em resolver a situação com a Fifa.  O comandante do Peixe almeja principalmente á Copa Libertadores e quer ter um time que dispute o título, mas para isso vai depender de reforços pontuais e um elenco tecnicamente acima da média.

O meio-campo é um dos setores carentes no elenco do Santos

O meio-campo ofensivo é um setor carente do elenco santista, recentemente o clube perdeu Evandro, que não acertou renovação e saiu. Jean Mota é outro próximo de sair, o meia está de malas prontas para retornar ao Fortaleza, faltam detalhes para a oficialização do negócio, o jogador irá por empréstimo com opção de compra, sem espaço com Jesualdo Ferreira, a diretoria acabou aceitando a liberação, de olho em abrir brecha na folha salarial por reforços.

Deixe seu comentário