Santos tenta ‘chapéu’ no Corinthians para fechar com atacante Jô

0

O Santos tem o interesse na contratação do atacante Jô, atualmente Nagoya Grampus, do Japão, e pode tentar dar um ‘chapéu’ no rival Corinthians. O centroavante, de 33 anos, tem contrato com o clube japonês até dezembro, podendo sair na janela do meio do ano pois o vínculo é curto, e um dos destino pode ser a Vila Belmiro se depender do desejo do Peixe.

A negociação não é simples, e vai além da concorrência com o Corinthians pelo atacante, a primeira dificuldade é a atual situação financeira do Santos. Recentemente a diretoria do Peixe precisou fazer corte nos salários dos jogadores devido a paralisação do futebol, com isso seria preciso de ajuda de patrocinadores do clube em uma eventual contratação de Jô.

Existe ainda divergências entre a diretoria do Peixe, e o empresário do atacante, Giuliano Bertolucci. O Peixe chegou a dever R$ 13 milhões ao staff em 2018, valor esse referente a comissões de vendas não pagas, o entrave se transformou em ação do empresário contra o Santos na CBF. Com o clube da Vila Belmiro pode ter que conversar com Jô diretamente.

Conseguindo vencer esses entraves pela contratação, o clube planeja driblar a concorrência e dar um ‘chapéu’ do rival Corinthians, com uma proposta melhor ao centroavante. Andrés Sanchez, presidente do Timão, já se confirmou como um dos interessados em contar com o experiente artilheiro, mas afirmou que não há negociações em andamento e isso dá novas esperanças a diretoria do Peixe para conseguir a contratação.

Mesmo com concorrência o Corinthians se mantém otimista

Mesmo com a entrada do Santos na disputa por Jô, o Corinthians está confiante de que é possível chegará a um acordo com o atacante antes do rival. O centroavante por sua vez afirmou em entrevistas que tem o desejo de retornar ao Timão, mas não descartar atuar por outro clube em sua volta ao futebol brasileiro, o Santos aliás já tentou sua contratação em outras oportunidades, sem sucesso, mas serviu para se aproximar do jogador.

Deixe seu comentário